05 Doenças que seu cachorrinho pode detectar

Cientistas têm estudado o olfato extraordinário dos cachorros na esperança de confirmar o que eles já acreditam ser um fato. Para muitos cientistas, o olfato dos cachorros podem se tornar um indicador mais confiável de algumas doenças do que muitos testes convencionais

Veja a seguir a lista de doenças em que os cientistas buscam confirmar seus estudos.

 

Câncer de mama

Os cachorros estão sendo testados na  NHS de saúde de Buckinghamshire por sua capacidade de detectar câncer de mama . Se os cães podem detectar essa forma de câncer pela respiração de uma mulher, isso permitiria exames mais frequentes; atualmente, mulheres com mais de 50 anos são examinadas apenas uma vez a cada três anos por causa da exposição à radiação envolvida.

Câncer de próstata

Em 2015, pesquisadores italianos anunciaram que haviam conseguido treinar dois cachorros da raça pastor alemão para detectar produtos químicos relacionados ao câncer de próstata em amostras de urina.

Nos resultados dos testes, os cachorros estavam corretos em 90% dos casos, enquanto o teste de sangue PSA padrão não foi considerado confiável o suficiente para a triagem. 

Há estudos em andamento que visam avaliar as habilidades dos cachorros em um ambiente clínico normal.

 

Mal de Parkinson

Pesquisadores da Universidade de Manchester estão buscando treinar cachorros para detectar a doença de Parkinson antes que os sintomas apareçam. O trabalho é inspirado no trabalho de um “super-farejador” humano que detectou uma mudança no odor do marido seis anos antes de ele ser diagnosticado.

 

Malária

Pesquisadores encontraram evidências de que os cachorros podem “dizer” (latir), apenas cheirando as meias de alguém, se ela tem malária ou não. Isso ficou claro após vários meses de treinamento com um cachorro labrador e um retriever , ao final do teste eles podiam dizer se uma criança tinha malária ou não, mesmo que não apresentassem sintomas.

 

Diabetes

Os cachorros já são usados ​​por pessoas diabéticas para detectar quando seus níveis de açúcar no sangue estão perigosamente altos ou baixos. Uma instituição de caridade americana treina cachorros para sentir o cheiro de mudanças reveladoras na respiração ou no suor de seus donos. Os cachorros podem detectar um problema antes mesmo do monitor de glicose.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *