Qual a quantidade de ração recomendada ao meu cachorro

Qual a quantidade de ração recomendada ao meu cachorro

Uma dúvida muito comum entre a maioria dos proprietários de cachorro é qual a é a quantidade de ração recomendada que eu devo dar ao meu cachorro.

Outra dúvida muito recorrente é quantas vezes meu cachorro precisa comer por dia para estar bem alimentado

Antes de mais nada, se você tem dúvidas e não sabe como escolher a melhor ração para seu cachorro, recomendo a leitura de nosso artigo melhores ração para cachorro. Aqui detalhamos como escolher a melhor ração recomendada para sua raça de cachorro.

A quantidade de ração que o cachorro precisa, deve ser calculado levando em consideração três pontos:

1) A idade do seu animal
2) O peso do seu animal
3) A categoria da ração que você está dando para seu animal

Todas as marcas de rações possuem atrás da embalagem as informações com a quantidade de ração diária recomendados para seu cachorro.

Elas vem em uma planilha na própria embalagem e as vezes é denominado Guia Alimentar.

Muitas pessoas têm dificuldade em entender essa planilha que auxilia você na alimentação de seu cãozinho e é exatamente por isso que eu vou te ajudar a entender como você deve calcular a quantidade correta de ração.

Isso é importante porque não é correto você dar ao seu cachorro a alimentação se baseando a olho.

O correto é sempre seguir as orientações dos fabricantes nas planilhas.

Os fabricantes não chegam a está conclusão aleatoriamente, foram feitos vários estudos e testes para que se chegasse a quantidade ideal de ração para a idade e peso para que o animalzinho se mantenha sempre saúdavel.

 

Como saber a quantidade de ração recomendada para a minha raça de cachorro?

Quando você for dar a alimentação para seu cãozinho, você deve ser basear no peso e na idade de seu pet.

Por exemplo, vamos supor que seu cachorro seja um cãozinho filhote com 2 meses de vida.

Vamos supor que este seu cãozinho pese aproximadamente 3 kg.

Neste caso, para saber qual a quantidade recomendada de ração para meu cachorro eu devo observar na planilha a coluna meses e a coluna kg.

Tirando por base nosso exemplo, vamos observar a coluna meses e para meu cãozinho vou para a informação meses e no nosso caso eu vou observar a coluna 2 meses.

Logo após eu vou para a coluna kg  e no nosso exemplo eu vou observar a informação 3 kg

Agora eu devo observar onde estas duas colunas vão se juntar na planilha

No nosso caso, as duas colunas se juntam em 63 kg

Nesse caso do nosso exemplo, a quantidade ideal de ração indicado pelo fabricante para nosso cachorrinho é de 63 kg diários.

Atenção: essa quantidade de ração de 63 kg do nosso exemplo e a quantidade de alimentação diária para nosso animalzinho.

Ou seja, quando você for dar a alimentação para seu cachorro, dívida essa quantidade durante o dia, tipo divida em 2 ou 3 partes e sirva durante o dia.

O correto é que você compre uma pequena balança de precisão o que te ajudará a evitar desperdícios e te ajudará a medir corretamente a quantidade em kg para seu cãozinho.

Qual melhor ração para cachorro idoso?

Bem, quando falamos em ração para cachorro adulto estamos falando de ração para uma categoria de cachorro que requer cuidados redobrados.

Nesse quesito a alimentação adequada é um fator fundamental para a manutenção da saúde do seu cachorro.

Se você ainda não leu nosso artigo sobre As melhores ração para seu cachorro, aconselhamos que você leia. Aqui mostramos informações importantes para que você possa servir a ração adquada e recomendada para o seu tipo de cãozinho.

Um dos problemas apresentados pelos cachorros sênior e o fato de eles ganharem sobrepeso.

Os cães sênior retém muita gordura e acabam acumulando está gordura

Com isso o cachorro sênior tende a engordarem passando consequentemente a apresentarem problemas de saúde, principalmente andriorespiratorios entre outros.

Para evitar que amanhã você tenha problemas com seu cãozinho, você deve dar a resposta ele ração recomendada para sua idade, ou seja, ração para cães sênior.

O cachorro idoso precisa comer em média 2 vezes por dia.

 

Mas o que fazer se meu cachorro idoso não comer a ração servida?

A partir do momento que você servir a ração para seu cachorro idoso você deve observar se ele comer tudo eu nem vai comer.

Se caso ele não comer ou mesmo não chegar perto da ração servida, guarde essa ração em um recipiente limpo e com tampa para voltar a servir em uma próxima refeição.

Mas observe: nunca volte uma refeição servida para seu cachorro sênior de volta para o saco.

O cachorro pode ter babado na ração e isso pode contaminar todo o saco.

Na próxima refeição atente se para servir novamente a mesma quantidade de ração, não tente compensar dando o dobro da quantidade para que se complete as duas refeições diárias

Tipo a refeição rejeitada de manhã mais a de agora.

Se o cachorro idoso rejeitou a primeira refeição, na próxima dê somente a quantidade daquele horário levando se em consideração que a porção diária de ração recomendada deve ser dividido em dois horários no caso do cachorro sênior.

Logo após a refeição do cachorro, procure não guardar as sobras. Como dissemos anteriormente, você só deve guardar a ração quando o cachorro simplesmente chega perto porém não chega a consumir a ração ou n mesmo toca nela.

Quando o cachorro come parte da ração e sobra restos na vasilha você deve simplesmente descartar os restos no lixo.

Os restos de ração que o cachorro rejeitou  podem conter bactérias que podem se desenvolver durante o dia.

Por isso simplesmente descarte – os.

Sirva a ração, assim que o cachorro já não quiser mais comer, junte o resto e descarte, não procure deixar os restos no recipiente de alimentação do cachorro durante o dia na esperança que o cachorro vá consumir o resto que ficou.

Esse resto de ração sofrerá a ação de bactérias e fungos devido a umidades e isso pode causar danos a saúde de seu cachorro além de serem atrativos de ratos e baratas para o local de alojamento do cachorro.

 

Mas qual é a ração recomendada para cães sênior?

Para cachorros com idades avançada, existe uma linha de ração específica denominado ração sênior.

As rações sênior são as mais indicadas para cachorros que já possuem mais de 07 anos de vida.

Essa faixa de idade pode variar dependendo do porte físico e raça do cãozinho.

 

Como saber se meu cachorro já faz parte do grupo considerado sênior?

Para que seu cachorro seja considerado sênior primeiro ele deve ter no mínimo 07 anos de vida além disso outros detalhes também devem ser levados em consideração como por exemplo a perda de massa magra e o aumento de gordura no organismo.

Isso acontece porque um cachorro que está na fazer sênior geralmente começa a reduzir a suas atividades físicas.

Ou seja, nesta fase da vida o cachorro fica mais tranquilo, quer apenas dormir, ficar mais parado e se movimenta menos.

Nesse caso a ração servida para essa fase do animal não deve ser qualquer ração, deve ser uma ração com mais proteínas.

A proteína nesse caso irá fazer a manutenção das massas magras. Mas não é somente isso, a ração também deve ter grãos macios e fáceis de serem mastigados pelos cães seniores.

O organismo do cachorro idoso está em fazer de envelhecimento, por isso é que se deve melhorar a quantidade  e a qualidade de proteína na alimentação do animal.

Além disso deve se pensar uma ração que facilite a queima de gordura e consequentemente a perda de peso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *